QUEM PODE TRABALHAR COM RECREAÇÃO?

Atualizado: Ago 12


Hoje vou tentar te explicar a respeito de umas das perguntas que mais recebo.


Confesso para você que quando eu iniciei meu trabalho com recreação em 2004 eu nunca me fiz essa pergunta. Mas hoje é a pergunta mais recorrente em meus e-mails, grupos de WhatsApp, consultoria individual e em cursos que ministro.


#sourecreador #sourecreadordesucesso





Cleber, quem pode trabalhar com recreação?


Essa é uma resposta delicada, que muitos ao ler podem não entender, diante disso adianto que estou disponível para conversar individualmente com você caso desejar maiores explicações. Tentarei ser o mais didático em minha explicação:


Vamos lá... Eu entendo a área de atuação do recreador como um campo de atuação multiprofissional. Isso significa que pessoas com diferentes formações podem atuar com recreação, entre elas, Educação Física, Pedagogia, Turismo, Hotelaria, Teatro, Dança, entre outras.


Ao separarmos o multi-profissional temos o "multi" como sendo uma palavra de origem latina (multus), que significa múltiplo, ou seja, aquilo que abrange muitos fatores e posteriormente o "profissional" que tem relação com profissionais/profissão.


No entanto, o campo de atuação “multiprofissional” é relativo a muitas disciplinas e profissionais. Trabalho que deve ser desempenhado por vários profissionais.


Ainda sobre o termo “profissional”, percebe-se que para atuar com recreação o recreador deve ser um profissional. E o que é ser um profissional?


Um profissional é aquele que possui as qualificações apropriadas para o bom exercício de uma determinada atividade. Tais qualificações para se tornar um profissional podem ser adquiridas no Ensino Superior. Onde você poderá escolher entre três tipos de graduações: bacharelado, licenciatura ou graduação tecnológica.


Enquanto você estiver cursando o Ensino Superior você poderá trabalhar com recreação como estagiário nas áreas de atuação que contemplam o seu curso. O estágio é umas das melhores formas de saber se você nasceu para atuar nesta área ao qual está estagiando, além de, aprender habilidades e competências de como proceder nessa área.


Certo... e quando os recreadores tem apenas o Ensino Médio, ou seja, sem formação superior específica?


Nesse caso eu não posso opinar sobre as suas respectivas habilidades e competências, pois eles podem ser ótimos no que fazem.


Antes, precisamos entender sobre habilidades e competências:


Habilidades são capacidades aprendidas, por meio de treinamento ou experiências, para obter um resultado desejado ou realizar funções de trabalho. Ela é adquirida através de um esforço para realizar atividades ou funções envolvendo ideias (habilidades cognitivas), coisas (habilidades técnicas) ou pessoas (habilidades interpessoais).


Competências são um conjunto de habilidades e conhecimentos relacionados que permitem que uma pessoa atue efetivamente em um trabalho ou situação. Uma competência é mais do que apenas conhecimento e habilidades. Envolve a capacidade de atender demandas complexas, recorrendo e mobilizando recursos, em contexto particulares. As competências, portanto, podem incorporar uma habilidade, mas são mais do que apenas ela.


O que quero deixar claro é que habilidades e competências podem ser adquiridas não só por meio do Ensino Superior mas por meio da história de vida de cada um.


Mas, quando falamos de qualificações, eu posso ser direto ao dizer que um recreador apenas com Ensino Médio não tem tais qualificações para exercer essa função.


Quando me deparo com situações desse tipo, minha função é estimular e motivar esse recreador a refletir sobre a possibilidade de ingressar no Ensino Superior. Diante da conversar pergunto o que ele mais gosta de fazer e acabo apresentando alguns cursos e suas características básicas.


Sou suspeito em indicar um curso, pois se me deixar, indicaria logo de cara o curso de Educação Física que é minha primeira formação (na seguinte ordem: primeiro cursar licenciatura e depois bacharel para que você tenha uma formação completa nessa área).



Não é porque sou docente universitário que tenho esse pensamento, pois sei que o Ensino Superior não torna ninguém melhor do que os outros. Honestidade, responsabilidade, comprometimento, pontualidade, excelência são questões de caráter e não de diploma. Mas também sei que as experiências no Ensino Superior nos fazem aflorar e moldar nosso caráter.


Enquanto acadêmico, aprendi com os melhores professores “como ser” o melhor professor, em contra partida, aprendi com os péssimos professores “como não ser” um péssimo professor. Tais experiências, mesmo que ruins, a partir do meu ponto de vista, ajudaram a forjar meu caráter e me incentivaram a buscar a ser o melhor em minha profissão.


O que quero dizer é que: cursar o Ensino Superior ajudará os recreadores inexperientes a serem melhores, e também, ajudará os melhores recreadores a se tornarem excelentes no que fazem. Bem como vivências na área ajudaram os recreadores recém formados a aumentarem as suas experiências. Assim como teoria e prática não se polarizam, mas se complementam, uma formação superior trará não só qualificações como valorização em sua função.


Pensa comigo: “quanto mais recreadores qualificados houverem, melhor será o serviço prestado; quanto melhor for o serviço, mais valorizado será o trabalho; logo, essa valorização aumentará o valor dos serviços prestados”.


Quem ganha com isso? Todos nós! Essa pode ser uma das alternativas para que os valores dos serviços prestados em recreação não sejam mais por R$ 40,00.


Minha missão é auxiliar na formação, atuação, valorização e profissionalização do recreador, indiferente sua área de formação.



QUER APRENDER A CRIAR SUAS PRÓPRIAS ATIVIDADES RECREATIVAS?

CLIQUE ABAIXO E CONHEÇA O MEU E-BOOK PERFEITO PARA VOCÊ.


Se você tiver dúvidas ou contribuições, por favor, deixe nos comentários. Ela poderá ajudar tantas outras pessoas!



696 visualizações

Copyright Mestre Cleber Mena Leão Junior  |  Maringá, Paraná, Brasil  |  CEP: 87083-500