VIDEOGAMES E DIVERSÃO

Atualizado: Jun 16



Os videogames de movimento, como Playstation Move, X-Box Kinect e a Nintendo Wii, são boas opções para a diversão, pois eles possibilitam uma excelente movimentação corporal, contrapondo as ações estáticas dos videogames de joystick.

Se utilizarmos, por exemplo, o jogo Wii Fit Plus da Nintendo, o jogador pode criar seu próprio treino ou escolher um de seu gosto em uma variada lista de rotinas customizadas baseadas nos seus objetivos, sendo assim, o jogador poderá além de desenvolver as questões motoras, poderá também, realizar competições entre os jogadores, com a finalidade de tornar o jogo mais divertido.

A utilização dos videogames pode ser realizada de diferentes ambientes, como por exemplo, em aniversários, colônia de férias, acampamentos, eventos, escolas, gincanas, entre outros. Podendo organizar campeonatos de corrida, tênis de campo, tênis de mesa, dança, arco e flecha, pescaria e vários outros. Tudo para envolver a atenção dos convidados, sejam eles, crianças, jovens ou adultos. Todos brincam, participam e divertem-se.


LEIA TAMBÉM

O FUTURO DA RECREAÇÃO

RECREAÇÃO ONLINE: ARE YOU READY?

Há várias maneiras de jogar, seja o Wii Fit Plus ou o Wii Sports, que acompanham jogos como Golfe, Boxe, Tênis, Boliche, Baseball. Em todos os jogos, há possibilidade de jogar individualmente, em duplas ou em equipes. No caso do Baseball, podemos jogar com uma equipe grande, onde cada participante fará o papel de um dos jogadores, sendo assim, várias pessoas jogando em um mesmo jogo.

O interessante dos jogos de videogame de movimentação corporal, é que no game, as regras são ensinadas tal como é no jogo oficial, o que possibilita um aprendizado real sobre o jogo, com isso, após treinarmos no videogame, podemos desligá-lo partir para uma experiência real do jogo.

Atualmente, e não apenas no Brasil, o sedentarismo cresce. Mas já há pesquisas que demonstram um aumento do gasto calórico a partir de jogos de movimentação corporal como a Nintendo Wii. Tornando-se assim um aliado às crianças, entre outros usuários de games, que não fazem nenhum tipo de atividade física.

A diversão que o videogame proporciona, aliado a buscar para passar de nível, colabora com o prazer e a continuidade do ato de jogar videogame. É fato que nos videogames de movimento corporal, conforme a dificuldade do jogo aumenta, simultaneamente a complexidade de realização dos movimentos corporais aumenta, gerando um maior esforço corporal e intelectual do jogador.

Prensky (2010) em seu livro “não me atrapalhe, mãe! eu estou aprendendo” relata que as crianças dessa geração, são considera como “nativas digitais”, logo, elas nasceram imersas as tecnologias, e, nossa função como educador não é julgar se os videogames são bons ou maus, e sim, aproveitar essa nova era tecnológico e utilizá-la ao nosso favor. Clique e conheça o livro.

Necessitamos utilizar esses jogos, para criar uma atmosfera agradável para criança, se ela gostou de jogar o Tênis no Nintendo Wii, por exemplo? O próximo passo é o profissional, educador ou os seus pais, direcioná-la e instigá-la a praticar o jogo de Tênis na “Quadra de Tênis”.

REFERÊNCIAS:

PRENSKY, Marc. Não Me Atrapalhe, Mãe - Eu Estou Aprendendo!. Phorte Editora, 2010.

FONTE ORIGINAL PORTAL EDUCAÇÃO




Professor Mestre Cleber Junior é Mentor de Recreadores. Prêmio Melhor Produção de Conteúdo e Influência Digital. Criador do 1º curso online para a Formação de Recreadores de Sucesso do Brasil.

0 visualização

Copyright Mestre Cleber Mena Leão Junior  |  Maringá, Paraná, Brasil  |  CEP: 87083-500